LS Esporte - Portal de Notícia Esportiva de Rondônia

Notícias Rondônia

ESTÁDIO ALUIZIO FERREIRA, CONTINUARÁ SENDO A CASA DO PORTO VELHO NA DISPUTA DA SERIE - D, CONSENSO E DIÁLOGO PÕE FIM A IMBRÓGLIO

O governo recebeu parcialmente as obras já executadas, e a empresa liberou todas as atividades dentro do estádio

ESTÁDIO ALUIZIO FERREIRA, CONTINUARÁ SENDO A CASA DO PORTO VELHO NA DISPUTA DA SERIE - D, CONSENSO E DIÁLOGO PÕE FIM A IMBRÓGLIO
Foto: Gilmar de Jesus
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma reunião realizada na manhã desta terça-feira, 07/06, no CPA - Centro Político Administrativo, Palácio Rio Madeira, sede do governo do estado, onde participaram, representantes da SEJUCEL - Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, SEOSP - Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos, CASA CIVIL, e do Porto Velho Esporte Clube, terminou de forma positiva na questão do estádio Aluizio Ferreira.

O IMBRÓGLIO

No dia 31/05, a empresa AUDAX, responsável pelas obras de reforma do Aluizão protocolou documento na SEJUCEL, informando sobre a proibição da utilização da parte de dentro do estádio (gramado e demais áreas internas). Segundo o documento, a empresa havia concluído 100% da pintura da arquibancada e aconteceu o jogo do Porto Velho contra o Rio Branco (AC), danificando a referida pintura. A empresa também alegou que os serviços estão sendo executados no local e podem ser prejudicados, e finaliza acenando que em caso de recebimento parcial das obras já executadas pela fiscalização, a empresa não se colocaria de forma contraria.

CONSENSO

Conforme as informações, toda problemática foi resolvida em consenso, onde o governo recebeu parcialmente as obras já executadas, com isso, a empresa liberou todas as atividades dentro do estádio, jogos e eventos autorizados pela SEJUCEL, administradora responsável pela praça esportiva.  

O Porto Velho Esporte Clube recebeu aval e continuará mandando seus jogos na Série - D do Brasileiro, assim como, os treinos diários da equipe no estádio Aluizio Ferreira.

A Locomotiva ainda terá mais quatro jogos com mando de campo nesta 1ª fase, a ser jogado no Aluizão. Sábado, 11/06 contra o São Raimundo (RR), valido pela 9ª rodada, com início marcado para as 15:30 horas (local), contra o Trem Desportivo (AP) programado para dia 19/06 (domingo), no entanto o clube deve solicitar para o sábado 18/06, ou não. Na 12ª rodada dia 02/07 – sábado, recebendo o São Raimundo (AM), e na última rodada, a 14ª, com data ainda a ser definida pela CBF, quando enfrenta o Náutico (RR).

 A REFORMA

As obras de reforma do Aluizão, foram iniciadas em outubro de 2019, e incluem a construção de acessos laterais, instalações elétricas, instalações de sistemas de segurança, proteção de combate a incêndio, reforma nas arquibancadas, pintura externa e outros. o prazo previsto para execução da obra era de 180 dias corridos e tem um custo orçado em 980 mil reais.

Outros prováveis 600 mil, seriam disponibilizados e investidos em outras ações como um placar, projeto de construção de cabines de imprensa para TVs no lado da avenida Farquar e bancos de reservas seriam implementados.

PANDEMIA

No inicio de 2020, com a pandemia do novo coronavírus, foram paralisadas as obras e só retomadas no final do ano passado, e previsão de conclusão para o mês de agosto.

DURAS CRITICAS

Nos últimas dias, o presidente do Porto Velho Esporte Clube, Jedson Lobo utilizou a rede social do clube e em lives, fez duras críticas a postura do governo do estado da forma como tem tratado o futebol e o clube.

"O Porto Velho tem enfrentado sérias dificuldades para fazer o futebol. Hoje nós temos apenas um estádio. Um estádio que não oferece estrutura alguma para quem mora aqui e nem para quem visita. Mais uma vez Rondônia é vergonha nacional na infraestrutura", lamentou.

Para Jedson o Governo de Rondônia, tem sido um obstáculo ao longo da campanha do Porto Velho na Série - D. "O dever do estado qual é? Não é fomentar o futebol? E o que o estado de Rondônia tem feito sobre isso? Tenho aguardado o governador do estado de Rondônia - Marcos Rocha - para falar sobre esporte, tenho aguardado o Júnior Gonçalves que disse que iria chamar também. Mas na verdade existem pessoas que falam, falam, falam e pouco o fazem".

Nesta segunda-feira, 06/06, o clube realizou outra live, em coletiva de imprensa, o presidente da Locomotiva voltou a desabafar e tecer novas criticas ao governo, assim como o treinador da equipe, que criticou os governos estadual e municipal, além de fazer criticar à administração do estádio referente ao estado ruim do gramado, que segundo ele, tem sido criticado pelos jogadores.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )