LS Esporte - Portal de Notícia Esportiva de Rondônia

Notícias Futebol Nacional

APÓS PERDER VAGA PARA SEMIFINAIS, DIRETORIA ABANDONA JOGADORES E COMISSÃO TÉCNICA NA RUA

Os salários atrasados, a falta de estrutura, logística e até mesmo alimentação, já era uma situação difícil

APÓS PERDER VAGA PARA SEMIFINAIS, DIRETORIA ABANDONA JOGADORES E COMISSÃO TÉCNICA NA RUA
Foto: Jornal A Cidade
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em pleno 2022, clubes de futebol sem nenhuma estrutura, continuam “caindo” na boa e velha conversa de supostos “empresários” que vivem de dar calote em times brasileiros, principalmente os considerados de menor expressão, e que dirigentes entregam a administração da gestão de futebol sem nenhum tipo segurança, e nem se importa com o que pode acontecer e os possíveis danos ao clube.

O Angra dos Reis E C, foi goleado por 4 a 0 pelo Macaé na tarde de quarta-feira, 01/06, no estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira (RJ) e deixou escapar a vaga da semifinal da Taça Santos Dumont, o 1º turno da Série A2, a 2ª divisão do Campeonato Carioca. Com o resultado, o Tubarão Azul. Como é carinhosamente chamado pelos torcedores, foi eliminado neste primeiro turno, o Angra terminou na 4ª colocação do grupo B, com 7 pontos.

Ainda resta a disputa do 2º turno da competição, porém de acordo com as informações, os salários atrasados, a falta de estrutura, logística e até mesmo alimentação, já era uma situação difícil, e se agravou ainda mais, após os jogadores e comissão técnica serem deixados em um ponto de ônibus na Avenida Brasil e obrigados a retornarem à Angra por meios próprios. Na ida para a cidade de Cardoso Moreira, local da partida contra o Macaé, a diretoria já havia colocado os jogadores para viajar 439 kms em Vans que fazem o transporte intermunicipal de passageiros entre os municípios.     

Depois que o presidente do Angra, Marcos Aurélio alterou a programação de logística da viagem, colocando alguns atletas e comissão técnica dentro de uma Van, para pegar um ônibus mais barato no Rio de Janeiro, só poderia acontecer esse vexame, disse um membro da delegação.

No retorno, após o jogo, o grupo foi deixado, largado na Avenida Brasil, com o pouco material que temos a 1:30 horas da madrugada e o pior, sem dinheiro para irem para casa. Chega de amadorismo, está na hora desse tipo de dirigentes enganadores, incompetentes, omissos e sem noção do que é necessário para fazer futebol profissional serem banidos. Queremos respeito e dignidade urgente. Desabafou outro membro do elenco.

O CLUBE SE PRONUNCIOU APÓS A IMPRENSA NOTICIAR

O Angra dos Reis E. C., se pronunciou através de nota publicada em seu site oficial, tendo o Presidente do Conselho Deliberativo. Marcos A. Oliveira, confirmando o acontecido e sem citar o nome, delegando a responsabilidade a empresa terceirizada que administra o Departamento de Futebol do clube.  

Nota Oficial: Esclarecimento sobre matéria da mídia

Presidente do Conselho Deliberativo, Marcos A. Oliveira escreve uma carta.

Declaração que faço em nome do Angra dos Reis Esporte Clube.

Venho por meio desta, oficializar o que realmente aconteceu. O Angra dos Reis Esporte Clube, mantém um contrato de gestão com uma empresa do Rio de Janeiro, onde o Departamento de Futebol está sob o comando da referida empresa (salários, alimentação, Viagens, borderô da Ferj e outras despesas).

O Angra dos Reis Esporte Clube reitera o bom ambiente de trabalho e a união em busca dos objetivos na temporada. A conexão entre torcida e time resulta em grandes conquistas. E seguiremos em busca de mais!

A diretoria
Marcos A. Oliveira
Presidente do Conselho Deliberativo

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )